Por favor, ajude Anussim Brasil: Doe Hoje!
+ Notícias

NÓS NÃO MATAMOS JESUS (YESHUA)

24-06-2020 - Anussim Brasil

Muitos nos culpam pela morte de Jesus (Yeshua) e este antisemitismo às vezes se baseia nesse episódio. Mas fomos nós que fizemos isso? Podemos provar que não.

Por que uma Judia Anussim iria se preocupar com isso? Também me fiz essa pergunta e então,  me lancei de corpo e alma dentro de livros históricos, católicos, mulçumanos, espíritas e por aí afora. Não sabia da minha ascendência judaica e queria saber, o porquê de eu não me encaixar em várias religiões.  Fiz DNA e descobri: em minhas veias corre sangue hebreu, aqueles que são os israelitas e que por adorar a Hashem “viraram” judeus. O antisemitismo sempre me incomodou, assim como as questões ligadas a negros, as mulheres, aos indígenas e muitos outros. Ele às vezes te deixa com vontade de negar o que você é. Então o Eterno usa um amigo seu  e diz “Seu tatravô foi um herói e foi porque ficou entre a cruz e a espada, para que você existisse”. E isso em sua mente borbulha e te deixa feliz e ao mesmo tempo triste, porque saber que alguém antes de mim, da minha genealogia morreu na fogueira queimado ou torturado, para que hoje eu possa escrever isso que estou escrevendo... não tem preço, não tem comoção e nem lágrimas para compensar. Mas perdoamos, porque eram humanos e podiam errar. Mas como o judeu secular sempre cita: perdoamos, mas não esquecemos.
Resolvi analisar porque tanta gente nos odeia. Não fazemos mal a ninguém, ficamos na nossa Sinagoga e pelo contrário, convidamos a muitos que venham até nós. Muitos desses nem sabem que são como nós ...ANUSSIM.  Tenho orgulho disso? Não. Por que? Simples: Meus trisavôs tiveram que mentir, aceitar uma fé que não era deles para poder sobreviver e por que? Porque fomos perseguidos por muitos povos e mais recentemente, por um louco chamado Hitler e que mesmo que o tempo passe, a memória dessa pessoa ainda persiste e resiste em tempos atuais. E agora em pleno século 21, eles estão revivendo tudo isso. Ódio deles por nós, por que? Resolvi explicar e notem : estou usando a primeira pessoa, diferente de outros artigos. Quem fez academia sabe, que se quer  manter-se neutro usa a quarta pessoa do plural, mas eu não estou neutra. Eu faço parte do D_us de Israel. E quero explicar uma coisa, que não está na Torah. Que está em um livro chamado Novo Testamento. Alguns perguntarão: Mas você lê Novo Testamento? Eu sou ANUSSIM lembra-se? Eu vim de um lar cristão e é claro, eu o li e sei o que contém nele, ao passo que muitos novos testamentários não sabem o que tem na Torah.
Muitos nos culpam pela morte de Jesus (Yeshua) e este antisemitismo às vezes se baseia nesse episódio. Mas fomos nós que fizemos isso? Podemos provar que não. Simplesmente quebrando tudo o que prometi a D_us, volto a consultar o Novo Testamento, que para nós judeus Anussim, não tem o menor valor religioso. Quem matou Jesus afinal? Posso afirmar com a maior certeza: O POVO JUDEU NÃO É CULPADO. A maioria dos povos ocidentais cultuam Jesus em suas religiões e são muitas, então sei que consultarão o que estou escrevendo. Vamos lá. Vamos ler Lucas 18:31-32: “E, tomando consigo os doze, disse-lhes: Eis que subimos a Jerusalém, e se cumprirá no Filho do homem tudo o que pelos profetas foi escrito;Pois há de ser entregue aos gentios, e escarnecido, injuriado e cuspido”. Ora, quem são os gentios aqui? Jesus era judeu, ele sabia que “gentio” é aquele que não crê no D_us de Israel. Jamais estaria se referindo aos judeus, mas sim, aos povos que na época dele, adoravam outros deuses que não eram o D_us de Israel.  E quem eram os gentios? Simples... os soldados romanos. Afinal quem atravessou uma lança em seu lado e o açoitou e repartiu suas roupas? Fomos nós os judeus? Of course not (claro que não).
Vamos consultar João 11: 47-48 “Depois os principais dos sacerdotes e os fariseus formaram conselho, e diziam: Que faremos? porquanto este homem faz muitos sinais. Se o deixarmos assim, todos crerão nele, e virão os romanos, e tirar-nos-ão o nosso lugar e a nação.” O que estava acontecendo neste momento? O Sinédrio e os fariseus estavam preocupados, pois os romanos iriam acabar com a religião judaica naquele momento, além de acabarem com a nação da Israel. Então, os judeus não tiveram nada com isso, os que ficaram com muito medo foram os sacerdotes, pois estavam sob o domínio de Roma e podiam ser qualificados como subversivos. E Jesus então, percebendo o perigo se retirou dali e foi para o deserto.
Conclusão: Jesus passou por dois julgamentos: um romano e um do sinédrio. https://marihamm.jusbrasil.com.br/artigos/196386015/o-julgamento-de-jesus
“A lei romana era taxativa quanto à pena de flagelação e vetava-a para homens livres, somente escravo e homens sem capacidade jurídica poderiam ser condenados a ela. Já, a pena de tortura, instituída na Lei das XII Tábuas, era prevista somente para ladrões apanhados em flagrante e para menores que furtavam no meio da noite, ou, em outros casos, somente para escravos, nunca para homens livres. Jesus foi flagelado e torturado, mesmo sendo um homem livre.” – NÓS NÃO MATAMOS YESHUA.

 

 

Raquel Pereira Bittencourt

+ Notícias